O livro do Seu Madruga - "Sou pobre, porém honrado! "

Um Best-seller é um livro que é considerado como extremamente popular entre os leitores e é incluído na lista dos mais vendidos. Um Best-seller é considerado “literatura de massa” e inclui necessariamente o consumo.

Para se produzir um, o escritor deve pretender não apenas contar uma história, para comover ou informar, mas sim produzir um sentido de totalidade relacionado ao leitor, envolvendo-o ao misturar texto, história, psicologia e metafísica, criando um mundo imaginário (mesmo que com pontas de realidade) com efeitos particulares: fabulação ou diegese narrativa - Segundo o Wikipédia

Então, por que não um Livro do Seu Madruga?

Um cara popular, simples, batalhador, trabalhador (as vezes), lutador (de boxe), muitas vezes incriminado pela elite e chamado de "gentalha", apanhando, ralando, cheio de sonhos, sempre em busca de "Glória" (A nova vizinha) e aventuras.

Aqui vão algumas frases ditas por Seu Madruga:

Em alguns episódios do seriado, "Seu Madruga" dizia frases de efeito que entraram para o anedotário popular do Brasil, especialmente entre as crianças e os jovens. Eis algumas delas:

"A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena".
"Sou pobre, porém honrado!".
"As pessoas boas devem amar seus inimigos".
"Não há nada mais trabalhoso do que viver sem trabalhar".
"Não existe trabalho ruim, o ruim é ter que trabalhar".
"Atores vemos, costumes não sabemos".
"Não há pior luta do que aquela que não se enfrenta.".
"Ganha aquele que não perde!"
"Mas como se atreve a me acordar às dez da madrugada?"
"A carne de burro não é transparente".
"Sabe como é, todo esse tipo de porcarias: papéis, lixo,.. Florinda..."
"Higiênicos churros de Dona Florinda... Ai que droga! Velha ridícula!"
"Isto é uma caliúnia (sic)! Uma caliúnia (sic)! Você sabe o que é uma caliúnia (sic)?"
"Temos que saber medir a consequência dos nossos atos".
Debochando de Dona Florinda, após esta desmaiar em cima de um amontoado de gesso:
"Uma mulher de gesso com coração de pedra".
Explicando porque não arranja um emprego:
"Eu gosto de dar oportunidades aos mais jovens. E tenho esta nobre atitude desde os meus quinze anos".
"Somente as pessoas ruins sentem prazer com o sofrimento alheio."
"Não consigo uma boa recomendação de trabalho do meu último patrão porque ele morreu há 20 anos."
"Se quisermos ser alguem na vida temos que devorar os livros."
"A tormenta se avizinha".
"Sabem o que significa isto? Prerigo (sic). Ouviram bem?! Pre-ri-go (sic)!"
"As virtudes da vida baseiam-se nos princípios morais".
"Não discuta quando você não tem certeza."
"Quando a fome aperta, a vergonha afrouxa."
"Domine seus momentos de raiva!"
"Reprima seus impulsos"!
"Na vida temos que sacrificar algumas coisas para conseguir outras."
"Dar acostuma a vadiagem."
"Se soubesse que tinha mandado um idiota fazer isso tinha ido eu mesmo."
"Para o amor não há barreiras. Todas se rompem."
"Do que adianta algumas pessoas terem tanto dinheiro no bolso se não têm nem um pingo de caráter?"
"Não existe dinheiro que compre um sorriso."
Perguntou ao Chaves:
"Você não tom olhos? O-L-I-O-S, olhos?"
"Essas crianças de hoje são verdadeiros poliglotas!"(ou seja,trogloditas...)
"Posso não ter um centavo no bolso, mas tenho um sorriso no rosto e isso vale mais que todo dinheiro do mundo.
"Não se deve colocar apelidos em ninguém! Devemos chamar as pessoas pelo nome!
"Moça bonita! Moça bem feita! Moça formosa!"

Os inesquecíveis bordões de "Seu Madruga" permanecem vivos até hoje:

"Tinha que ser o Chaves mesmo"

"Que que foi, que que foi, que que há?"

"Ainda bem que as vacas não voam"

"Só não te dou outra porque..."

"Com licencinha que o Madruguinha vai tomar um cafézinho!"

"Com toda Barriga, senhor Certeza"

"bibibibibi" (imita o choro do chaves)

"Iiiiiiiiiiiiii!" (choro)

"Ei!Ei Ei!Eiiiiiiiiiiiiiii!"

"Pois, pois" (imita chaves sem jeito)

-- Lógico que isso é uma brincadeira, não existe planos sobre a criação de um livro apenas sobre o personagem de RAMON VALDEZ - O Seu Madruga

-- Ramón Gomez Valdéz Castillo, nasceu em 02 de setembro de 1923 e faleceu no dia 9 de agosto de 1988, com 65 anos, de câncer pulmonar. Na série do Chapolin, ele interpretava vários papéis, como: Super Sam, Tripa Seca, Racha Cuca, Mão Negra, Pirata Alma-Negra entre outros.

Ele é Blogueiro, Designer gráfico e Palestrante... Auditório, ele é bom ou não é?!?!?

COMPARTILHAR

POSTAGENS RELACIONADAS

Próxima
« Voltar
Anterior
Próxima »
A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.