MEU(S) EU(S)

Na realidade ela não é uma revelação divina, ela é uma realização divina. E a diferença é grande. Revelação divina significa que alguma coisa objetiva, como Deus, lhe é revelada. Você vê algum Deus; mas você está separado dele e ele está separado de você.

Eu não acredito num Deus que esteja separado de nós, que esteja separado da existência.

Eu não acredito em um Deus que seja um criador; eu acredito num Deus que é criatividade.

Dizendo isso em outras palavras, eu não acredito num Deus como uma pessoa, eu acredito em divindade como uma qualidade.
Assim, eu digo que ela não é uma revelação divina, mas uma realização divina.

Você percebe que você é Deus, e ao perceber que é Deus, você percebe que tudo é Deus – que somente Deus existe e nada mais existe.

E assim você passa a conhecer a Iluminação que nada mais é que tornar-se tão cheio de luz que você consegue ver o seu próprio centro e perceber a sua divindade.

E descobre que a verdadeira essência da vida está dentro de você.
Neste exato momento você pode se voltar para dentro de si mesmo, olhar para dentro de si.

E no momento que você conseguir encontrar o centro dentro de si, você terá encontrado o centro de todo o mundo, e conseguirá revolucioná-lo.

Muita Paz e Luz em seus caminhos.

Beijos.
Pathy.


Da minha eterna amiga Pathy

Ele é Blogueiro, Designer gráfico e Palestrante... Auditório, ele é bom ou não é?!?!?

COMPARTILHAR

POSTAGENS RELACIONADAS

Próxima
« Voltar
Anterior
Próxima »
A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.