Chá: branco, verde ou preto?



À parte a questão de não ter calorias e de ser um óptimo meio de hidratação, o chá tem imensos benefícios para a saúde. 

São vários os estudos que garantem as propriedades terapêuticas desta bebida, independentemente de ser preto, verde ou branco. Contudo, existem diferenças entre cada um deles.

Por que deve beber chá verde 

Entre muitos outros benefícios, três estudos recentes confirmam que beber chá verde pode ajudar a baixar o nível de colesterol e a reduzir o risco de cancro.

Numa investigação de 12 semanas com 240 homens e mulheres, os pesquisadores da Vanderbilt University apuraram que beber o equivalente a sete chávenas de chá verde por dia pode ajudar a baixar o LDL (colesterol mau) em cerca de 16%.

Por sua vez, investigadores da University of Rochester determinaram que o extracto de chá verde pode ajudar a prevenir o crescimento das células cancerígenas, enquanto os pesquisadores do Medical College of Ohio revelaram que um componente chamado EGCG, também do chá verde, pode ajudar a retardar ou até mesmo a travar a progressão do cancro da bexiga.

Mas os benefícios não se ficam por aqui. Uma equipa japonesa liderada pelo médico Ichiro Toklmitsu realizou um estudo onde salienta que quem bebe chá com altos níveis de catequinas, flavonóides com forte propriedade antioxidante encontrados em vários níveis no chá verde, consegue perder mais de 2 kg, comparando com homens que bebem apenas chá de marcas vulgares que não registam perdas.

O responsável pelo estudo sugere que as catequinas presentes no chá ajudam a afastar as moléculas gordas da corrente sanguínea antes de serem depositadas.

Beba três chávenas por dia para começar a perder peso.

Por que deve beber chá branco 

Mas não é só o chá verde que pode afastá-lo das consultas médicas. O chá branco contém propriedades que ultrapassam o chá verde na prevenção do cancro do cólon.

Quando investigadores da Oregon State University’s Linus Pauling Institute testaram as capacidades dos dois tipos de chá em travar o desenvolvimento dos pólipos do cólon, o chá branco revelou-se 10% mais eficaz.

Este tipo de chá era considerado em tempos como um elixir da imortalidade reservado apenas aos imperadores. Uma crença que não é de todo disparatada, já que contém uma maior quantidade de antioxidantes que qualquer outro chá, prevenindo várias doenças.

“Quem bebe regularmente chá tem maior protecção contra certas patologias, como cancro ou doenças cardiovasculares, uma vez que estas reacções são neutralizadas pelos antioxidantes presentes no chá branco”, refere a Dra. Helena Cid, nutricionista e membro da Associação Portuguesa dos Nutricionistas.

Aliás, as propriedades terapêuticas do chá branco têm sido objecto de estudo pela comunidade científica, que as considera superiores às do chá verde.

Embora o teor de antioxidantes encontrado em ambos os tipos seja semelhante, o menor processamento do chá branco dá-lhe mais vantagens.

“Beber chá é uma forma simples de capitalizar em saúde e de reforçar as defesas naturais do corpo aos raios UV, à poluição e a muitas outras agressões exteriores”, conforme o Centro de Informação Lipton Chá & Saúde.

Mas, para beneficiar dessas virtudes, não lhe basta ingerir chá uma vez por mês: tem de beber pelo menos duas a três chávenas por dia.

Por que deve beber chá preto 

Por ser fermentado, o chá preto adquire uma tonalidade mais escura que os restantes e um sabor específico. Embora não seja tão rico como o chá verde, contém igualmente flavonóides que fazem desta bebida uma excelente opção ao longo do dia.

“Os flavonóides conferem aos chás poder antioxidante superior ao das vitaminas E, C e A (betacarotenos). A capacidade antioxidante protege o organismo contra as alterações celulares causadas por radicais livres, inibindo processos iniciais de cancro ou reduzindo o tamanho de tumores já formados”, explica a Dra. Isabela Cardoso Pimentel, nutricionista clínica e pós-graduada em Distúrbios Metabólicos e Risco Cardiovascular.

“No tratamento e prevenção de doenças cardiovasculares, os chás ricos em flavonóides mostraram reduzir significativamente o risco de morte por enfarte e derrame cerebral. Há evidências de que o chá reduza o colesterol LDL e também reduza a sua oxidação que é um processo que acelera a formação da placa gordurosa responsável pela obstrução dos vasos sanguíneos”, conclui.

Um estudo efectuado na Arábia Saudita a 3430 homens e mulheres e publicado na Preventive Medicine apurou que beber grandes quantidades de chá preto pode diminuir significativamente o risco de doenças coronárias, sendo que os indivíduos que bebem mais de seis chávenas de chá por dia vêem o seu risco diminuir para metade, comparando com os não bebedores.

A mesma conclusão foi apurada num estudo elaborado em Roterdão e publicado no American Journal of Clinical Nutrition que sugere que a alta ingestão dos flavonóides do chá pode proteger dos ataques cardíacos.

Esta análise teve por base uma amostra de 4807 homens e mulheres com 55 anos ou mais e sem historial de ataques cardíacos no início do estudo em 1990. Até 1997 apurou-se que beber chá preto reduzia em 70% o risco de ataques cardíacos fatais.

Mas o chá preto também protege a saúde oral. Bebê-lo regularmente pode ajudar a reduzir a sensibilidade dos dentes às temperaturas de frio e quente. Esta capacidade vem do ácido tânico, um componente do chá preto que obstrói buracos microscópicos nos dentes. Ao preencher, impede o frio e o quente de irritarem as raízes dos dentes. Quem tem dentes sensíveis deve beber duas chávenas de chá por dia.

O chá preto é ainda eficaz no combate ao mau hálito.

Baixe a cafeína 

O chá contém cafeína, é sabido. Ainda assim está longe de ser como o café e pode ser um bom substituto deste para beber após as refeições. Segundo a Dra. Helena Cid, “enquanto o café provoca um pico rápido da subida de cafeína, o chá é absorvido lentamente e permanece mais tempo no organismo.

Oito horas depois de ser ingerido, ainda há antioxidantes em acção no corpo. Além disso, uma bica tem 110/ 120 mg de cafeína, ao passo que uma chávena de chá tem só 60/70 mg de cafeína”. 

Ele é Blogueiro, Designer gráfico e Palestrante... Auditório, ele é bom ou não é?!?!?

COMPARTILHAR

POSTAGENS RELACIONADAS

Próxima
« Voltar
Anterior
Próxima »
A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.