Justiça argentina autoriza segundo casamento gay no país

A justiça argentina autorizou o segundo casamento homossexual do país, dois meses após a união de Alex Freyre, 39 anos, e José María Di Bello, 41 anos, os primeiros homossexuais a se casarem na América Latina.

A decisão foi dada pela juíza Elena Liberatori, que após aceitar um recurso judicial, ordenou ao Registro Civil que case imediatamente os dois homens, que não tiveram as identidades reveladas, segundo informações de agências de notícias.

O primeiro casal gay a se unir legalmente na Argentina, em dezembro do ano passado, enfrentou dificuldades mesmo com a decisão da juíza Gabriela Seijas. Isso porque uma outra juíza, Marta Gómez Alsina, anulou a resolução de sua colega.

Freyre e Di Bello, no entanto, conseguiram se casar em Ushuaia, capital da Terra do Fogo, no dia 28 de dezembro, graças à governadora da província, Fabiana Ríos, que aceitou o recurso do casal e, por decreto, ordenou que o Registro Civil realizasse a união. “Estamos incentivando a apresentação de amparos e haverão muitos casais no ano que vem", profetizou Freyre na ocasião.

Por: G Online Dica de: Antonio Marcos

Ele é Blogueiro, Designer gráfico e Palestrante... Auditório, ele é bom ou não é?!?!?

COMPARTILHAR

POSTAGENS RELACIONADAS

Próxima
« Voltar
Anterior
Próxima »
A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.